quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Apesar da crise, Campo Grande teve 1,5 milhão de m² de pavimentação em 2009

O ano de 2009 teve um início conturbado, sob a névoa da crise econômica mundial, mas nem isso fez do ano, em Campo Grande, menos produtivo. A manutenção das obras foi um meio de evitar efeitos mais agudos no setor da construção civil, que emprega milhares de trabalhadores. Adotamos como estratégia de governo avançar e consolidar várias obras de infraestrutura urbana, mantendo aquecido o mercado da construção civil. Apesar das quedas vertiginosas de repasses e arrecadação, executamos em 2009 1 milhão 580 mil metros quadrados de pavimentação asfáltica, levando conforto e mais qualidade de vida para moradores de 2.264 quadras urbanas, aproximadamente. As principais regiões atingidas foram: Jardim Canguru, Bálsamo, Futurista, São Jorge da Lagoa, região da Vila Popular, complexos das margens dos córregos Lagoa, Segredo e Cabaça, dentre outros. Veja mais AQUI.

Nenhum comentário: