quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Equipes mantém o combate à dengue nos bairros da Capital

Atenção, campo-grandenses! Os moradores devem continuar atentos e não descuidar da vistoria de suas casas para evitar o depósito de materiais que acumulam água. O aviso é do coordenador municipal de Controle de Vetores do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses), Alcides Ferreira, ao assinalar a importância da “colaboração dos campo-grandenses no combate à dengue”. Neste mês de fevereiro já foram notificados 5.299 casos da doença. No mês de janeiro, o total foi de 7 mil notificações.

A equipe da Secretaria Municipal de Saúde está com um trabalho mais intensivo de combate ao Aedes aegypti em locais da cidade com maior infestação do mosquito, como os bairros Aero Rancho, Moreninhas, Santo Antônio, Santo Amaro, Nova Lima, Amambaí, Piratininga e Pioneiros. Nestes locais acontecem as visitas dos agentes de saúde, retirada de depósitos de lixo e aplicação de inseticidas (com bombas costal e motorizada). Para mais informações, clique AQUI.

Um comentário:

Anônimo disse...

Minha filha mora na Coophasul, Rua Hugo Borges Soares, ela pegou dengue, a sogra, meu neto e os vizinhos e faz algun tempo que os agentes de saúde, não passam por lá.
Gostariamos que o Sr pedisse uma atenção para aquele bairro, que não sei se é atendido pelo UBS Nasser ou Nossa Senhoras das graças com relação ao controle de vetores????