domingo, 28 de fevereiro de 2010

Prefeitura coloca força tarefa nas ruas para enfrentar estragos causados pela chuva

A Prefeitura Municipal de Campo Grande emitiu na madrugada deste sábado à Defesa Civil e à Secretaria Nacional de Defesa Civil a Notificação Preliminar de Desastre (Nopred), documento que precede qualquer decretação de situação de anormalidade decorrente de desastres naturais. A notificação garante ao município de Campo Grande a possibilidade de decretação de situação de emergência - em caso de necessidade - diante das fortes chuvas que atingiram o município na noite de ontem.

No momento, equipes da Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação (Seintrha) e da Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran), apoiadas pela secretaria de Governo (Segov), estão avaliando os estragos in loco e viabilizando alternativas para amenizar os danos e trazer a cidade de volta a normalidade. Desde a noite de ontem estou em contato com minha equipe para encaminhar as medidas necessárias para atuar nas áreas mais atingidas pelo temporal.

Estamos de plantão para enfrentar esta situação e dar soluções adequadas aos problemas causados por elas de forma rápida e eficiente. A Prefeitura está analisando os estragos e, ao mesmo tempo, buscando saídas imediatas para o fluxo do tráfego e atendimento aos cidadãos que tiveram algum prejuízo com a tempestade.

As equipes da Agetran estão realizando uma ronda geral em todos os pontos atingidos a fim de obter uma avaliação mais aprofundada dos danos. O principal alvo da Agetran, no momento, é a área da Rua Ricardo Brandão (que foi interditada nos dois sentidos) e da Avenida Ceará.

A Seintrha também está com suas equipes nas ruas de Campo Grande, avaliando os estragos e agindo nos pontos críticos. Equipes da Seintrha deram início ontem à limpeza de algumas vias como Joaquim Murtinho com Fernando Corrêa da Costa e com Chaad Scaff e rotatória da Avenida Mato Grosso com Via Park.

As intervenções nos pontos críticos prosseguem neste domingo. stamos nas ruas, trabalhando. Diante das avaliações que serão apresentadas pela Seintrha e pela Agetran neste domingo é que analisarei a necessidade de decretar situação de emergência em Campo Grande.

Além da ação imediata sobre os danos físicos da chuva, a primeira dama Antonieta Trad está, desde ontem, com uma equipe da Secretaria Municipal de Políticas e Ações Sociais e Cidadania (SAS), atendendo famílias cujas casas foram alagadas. Até o momento não foi registrado nenhum caso de desalojamento devido aos estragos.

Nenhum comentário: