segunda-feira, 8 de março de 2010

No Dia Internacional da Mulher, lancei cartilha educativa sobre assédio contra mulheres

No que diz respeito às lutas sociais, hoje é, indiscutivelmente, uma das datas mais importantes do ano. Dentre factuais como "Confraternização Universal" (1/1), "Dia do Trabalho" (1/5) e "Dia do Índio" (21/4), o Dia Internacional da Mulher (8/3) tem um sabor mais que especial. Nesta data, comemora-se mais que uma vitória, celebramos também a persevarança da mulher na conquista de seus direitos. É uma data que precisa ser lembrada sempre, por conta dos inúmeros obstáculos que ainda precisam ser superados nas relações de gênero.

Nós, da Prefeitura de Campo Grande, temos trabalhamos arduamente na elaboração de uma cartilha que vem somar esforços a esta luta. Por iniciativa da Secretaria Municipal de Políticas e Ações Sociais e Cidadania (SAS) e da Coordenadoria Municipal de Políticas para as Mulheres (Codam), lançamos hoje, agora há pouco, uma cartilha educativa que trata sobre o Assédio contra as mulheres. O lançamento aconteceu aqui no meu gabinete, onde estiveram presentes mulheres representantes de diversos segmentos da sociedade que lutam pelas questões de gênero.

Sabemos que ainda hoje as mulheres enfrentam uma série de agressões em suas mais diversas formas: psicológica, física, sexual, patrimonial, por negligência ou abandono. É uma triste realidade que diariamente milhares de mulheres precisam enfrentar. É uma situação que precisa ser mudada. E esta cartilha é mais uma das ferramentas oferecidas pela Codam para dinamizar as ações em prol da mulher.

Com teor educativo, a cartilha também ajuda na identificação dos diversos tipos de assédio e instrui as mulheres a denunciar essas terríveis práticas. Nesta primeira edição da cartilha, foram confeccionados 2,1 mil exemplares. Foi feita, também, uma tiragem especial em braile, pois todas as mulheres, independente de estado física ou situação financeira, precisam estar inseridas nesta campanha.

Fico extremamente orgulhoso de ter um equipe tão dedicada no combate às opressões de gênero. Esta cartilha, resultado de muito trabalho em equipe, é uma resposta à sociedade e, também, uma oportunidade para que todos possam refletir sobre a situação da mulher em nossa sociedade. E espero que todos nós façamos esta reflexão seja feita independente da data. Parabéns a todas as mulheres de Campo Grande, de Mato Grosso do Sul, do Brasil, do mundo: a vocês, todas as merecidas homenagens.

Nenhum comentário: